loading...

Conheça a cratera gigante que pega fogo sem parar há 44 anos

loading...

Localizado no Turcomenistão, o enorme buraco que é conhecido como ‘Porta do Inferno’ surgiu após uma tentativa de construir uma plataforma de extração de gás natural na região. Desde então, a cratera com 70m de diâmetro pega fogo 24h por dia.

©flydime

©flydime

A área tem uma quantidade significativa de petróleo e gás natural. E o “incêndio” começou quando geólogos da ex-União Soviética perfuravam a região, em 1971, para obter gás. O chão sob a plataforma cedeu e abriu o buraco.

O poço de fogo foi o resultado de um erro de cálculo simples por cientistas soviéticos, em 1971. Os geólogos perfuraram uma caverna subterrânea para obter gás.

derweze

©P.Lechien

Temendo que a cratera emitisse gases venenosos, os cientistas tomaram a decisão de colocar fogo, pensando que o gás iria queimar rapidamente. Mas as chamas não acabaram em mais de 40 anos, em um símbolo poderoso das vastas reservas de gás do Turcomenistão. Enquanto isso, visitantes viajam até lá para conferir o fenômeno de perto.

Como chegar

Com passagens aéreas a partir de R$ 5310, os voos partem do aeroporto de São Paulo rumo a Ashgabat. Distante cerca de 260 quilômetros da capital do Turcomenistão, a cratera fica na vila de Derweze, a leste do Mar Cáspio. O percurso entre ambas as localidades pode ser feito através de ônibus ou carro.

Mapa

Veja um vídeo:

Fontes: G1, EcoViagem
loading...